Atletas Olímpicos Brasileiros

Foto de exibição
MARCO ANTÔNIO DE VIÇOSO JARDIM
Nasceu na cidade do Rio de Janeiro, no dia 1º de maio de 1940. Na infância, foi praticante de judô. Em 1958, sofreu uma lesão e o médico recomendou que praticasse remo. Começou, então, a treinar no Botafogo, onde ficou até 1962. Teve de abandonar o remo devido aos horários da faculdade. Passou a treinar polo aquático aos 23 anos. Como goleiro, defendeu o Botafogo por onze anos. Em 1968, foi convocado para a seleção brasileira que participou dos Jogos Olímpicos do México. Em 1971, disputou os Jogos Pan-Americanos de Cali e, no ano seguinte, trocou o Botafogo pelo Guanabara. Encerrou a carreira a pedido da mulher, mas, ainda assim, retornou para um último jogo, quando defendeu o Flamengo, clube onde se tornaria diretor de polo aquático, diretor de patrimônio e vice-presidente de esporte amador. Apesar da ligação com o Flamengo, também é conselheiro no Botafogo. Em 2012, foi candidato a vereador, em Petrópolis, pelo Partido Verde. Engenheiro de formação, trabalha na área de construção e seguros.

Representou o Brasil nos Jogos de:


1968 Cidade do México Polo Aquático