Atletas Olímpicos Brasileiros

Foto de exibição
MARIA LENK
Maria Emma Hulda Lenk Zigler nasceu em São Paulo, em 15 de janeiro de 1915. Filha de imigrantes alemães que vieram ao Brasil, em 1912, teve uma pneumonia aos 10 anos e os pais, então, entenderam que a natação faria muito bem à filha. Começou a nadar no Rio Tietê pela Associação Atlética de São Paulo e, aos 17 anos, já era uma atleta de nível internacional. Foi aos Jogos Olímpicos de Los Angeles, em 1932, na condição de primeira mulher sul-americana a participar da competição. Foi, também, aos Jogos Olímpicos de Berlim, em 1936, quando introduziu o nado borboleta, em uma prova de peito. No ano de 1939, durante a preparação para os Jogos Olímpicos de Tóquio de 1940, que não ocorreram em função da Segunda Guerra Mundial, quebrou os recordes mundiais dos 200 metros e dos 400 metros nado peito, a primeira e única brasileira a fazê-lo. No início dos anos 1940, excursionou pelos EUA com uma delegação de nadadores sul-americanos e aproveitou sua estadia para concluir o curso de Educação Física, na Universidade de Springfield. Em 1942, abandonou a carreira de atleta e colaborou para a fundação da Escola Nacional de Educação Física, da Universidade do Brasil, no Rio de Janeiro, atual Universidade Federal do Rio de Janeiro. Nunca abandonou a natação e participou de provas másteres até o final de sua vida, quebrando diversos recordes, como ocorreu no Mundial de Másteres de Munique, em 2000, quando conquistou cinco medalhas de ouro na categoria 85-90 anos. Faleceu em 17 de abril de 2007, aos 92 anos, por parada cardiorrespiratória.

Representou o Brasil nos Jogos de:


1932 Los Angeles Natação
1936 Berlim Natação