Atletas Olímpicos Brasileiros

Foto de exibição
BRANCA
Maria Angélica Gonçalves da Silva nasceu em Osvaldo Cruz (SP), em 10 de janeiro de 1966. É a filha caçula de uma família de quatro irmãs, todas envolvidas com o esporte, principalmente o basquetebol. A mãe praticou atletismo. Quando a irmã Paula completou 10 anos, o pai fez uma quadra de basquete no fundo do quintal. Encontrou nas aulas de Educação Física o estímulo para conhecer várias modalidades esportivas e desenvolver suas habilidades motoras. Começou a jogar em Jundiaí (SP) em 1976, juntamente com as irmãs Paula e Dudé. Quatro anos depois, foi para Piracicaba (SP) e, aos 16 anos, estava na seleção adulta. Em 1984, foi jogar em Sorocaba, equipe rival de sua irmã, onde jogou até 1990. Em 1983, participou da conquista da medalha de bronze nos Jogos Pan-Americanos de Caracas e, em 1987, foi medalhista de prata nos Jogos Pan-Americanos de Indianápolis. Ficou fora da seleção por mais de quinze anos por conflitos políticos. Foi aos Jogos Olímpicos de Atlanta, em 1996, conquistando a medalha de prata. Depois dos Jogos Olímpicos, foi para Campinas e Recife, onde encerrou sua carreira. Formada em Educação Física, tornou-se técnica de equipes femininas em Piracicaba e Americana. Junto com a irmã Paula, fundou o Instituto Passe de Mágica. Atualmente, é gestora de projetos sociais ligados ao esporte.

Representou o Brasil nos Jogos de:


1996 Atlanta Basquete