Atletas Olímpicos Brasileiros

Foto de exibição
CARIOQUINHA
Milton Setrini Júnior nasceu na cidade de São Paulo, em 4 de janeiro de 1951. Morava em Santos quando foi para a capital com a família. Devido ao sotaque, seu pai recebeu o apelido de Carioca e Milton passou a ser o Carioquinha. Começou a jogar basquetebol em 1960, no Palmeiras. Seu primeiro técnico foi João Divino Diegues, o Bauru, que permitia sua participação nos treinos de todas as categorias, quando ainda era pré-mirim. Começou a se destacar no juvenil e, em 1971, chegou à seleção brasileira, que conquistou a medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos de Cali e foi dirigida pelo técnico Edson Bispo dos Santos. Esteve presente em três outras edições pan-americanas, conquistando a medalha de bronze no México, em 1975, e em San Juan, em 1979; e a medalha de prata em Caracas, em 1983. Não participou dos Jogos Olímpicos de Munique, em 1972, porque contraiu hepatite. Mas foi aos Jogos Olímpicos de Moscou, em 1980, e de Los Angeles, em 1984. Atuou pelo Palmeiras, São José dos Campos e encerrou a carreira atlética no Flamengo, em 1991. Trabalhou como técnico em: Limeira; Jacareí; Uberlândia; Blumenau e no Universo, de Brasília, onde ganhou o título brasiliense de 2002 e a Supercopa Brasil, em 2003. Atualmente, mora em Brasília e atua como presidente da FBDF.

Representou o Brasil nos Jogos de:


1980 Moscou Basquete
1984 Los Angeles Basquete