Atletas Olímpicos Brasileiros

Foto de exibição
WANDA DOS SANTOS
É paulistana nascida no dia 1º de junho de 1932. Sua mãe trabalhava para os soldados e oficiais do Batalhão do Ibirapuera. Ia ao quartel para ver os soldados treinarem os cavalos no picadeiro e, na ausência dos cavalos, a corda servia para suas brincadeiras. Costumava ficar embaixo da arquibancada imaginando um dia saltar como os cavalos. Em 1949, mudou-se de bairro e foi estudar no Colégio Ipiranga, onde começou a praticar esportes. Jogou basquetebol; voleibol; handebol; e, também, fez atletismo. Jogava basquete no Ypiranga e foi levada pelo professor Antonio Coelho para o atletismo do Palmeiras. Queria continuar no basquete, mas foi convencida do contrário, quando o técnico Gerner, do Palmeiras, foi falar com sua mãe dizendo-lhe que no atletismo Wanda teria mais chances de uma carreira vitoriosa. Em 1949, foi convocada para o Campeonato Sul-Americano no Peru, quando venceu a prova dos 80 metros com barreiras e o salto em distância. Foi aos Jogos Olímpicos de Helsinque, em 1952, nas provas dos 80 metros com barreiras e no salto em distância. Em 1951, ganhou a medalha de bronze no salto em distância, nos Jogos Pan-Americanos de Buenos Aires. Nos Jogos Pan-Americanos do México, em 1955, e de São Paulo, em 1963, conquistou a medalha de bronze nos 80 metros com barreiras e, nos Jogos Pan-Americanos de Chicago, em 1959, foi medalhista de prata. Era a única mulher na delegação brasileira nos Jogos Olímpicos de Roma, em 1960, quando participou da prova dos 80 metros com barreiras. Formada em Educação Física, foi professora e técnica e participa, até o presente, de campeonatos de másteres.

Representou o Brasil nos Jogos de:


1952 Helsinque Atletismo
1960 Roma Atletismo