Atletas Olímpicos Brasileiros

Foto de exibição
CONCEIÇÃO GEREMIAS
Nasceu na fazenda Santa Eliza, Campinas (SP), em 23 de julho de 1956, numa casa de pau a pique. Ajudava na roça e os momentos de lazer aconteciam no campo de futebol improvisado no gramado da fazenda e nas represas. Brincava de apostar corrida com as amigas para chegar ao rio; disputava lançamento de pedras no lago e saltava riachos usando varas de bambu. Estudava na escola rural. Na quinta série, descobriu o esporte nas aulas de Educação Física. A vitória no campeonato colegial de 1970 chamou a atenção de sua professora, que ensinou as regras da prova do salto em distância em uma construção ao lado da escola. Na sua segunda competição, foi convidada para treinar com a seleção de Campinas. Em 1975, foi aos Jogos Pan-Americanos do México. Chegou em 5º lugar no pentatlo. Depois, casou-se com um atleta, teve uma filha e se mudou para Guarulhos. Tentando impedi-la de competir no Troféu Brasil, o marido ameaçou matar a filha durante sua prova. Mesmo assim, bateu quatro recordes sul-americanos e foi para os Jogos Olímpicos de Moscou, em 1980, quando competiu no pentatlo. Em 1983, conquistou a medalha de ouro no heptatlo, nos Jogos Pan-Americanos de Caracas. Competiu no salto em distância e no heptatlo nos Jogos Olímpicos de Los Angeles, em 1984. No final da carreira de atleta, voltou a estudar e se graduou em Educação Física. Foi aos Jogos Olímpicos de Seul, em 1988. Competiu pelo Banespa; Pão de Açúcar; Eletropaulo e Fluminense. Treinou até 1996 e, depois, dedicou-se à carreira de professora. Trabalha na organização de eventos esportivos e recreativos e é conselheira da União Brasileira de Mulheres.

Representou o Brasil nos Jogos de:


1980 Moscou Atletismo
1984 Los Angeles Atletismo
1988 Seul Atletismo