Atletas Olímpicos Brasileiros

Foto de exibição
VIRNA
Virna Cristine Dantas Dias nasceu em Natal (RN), em 31 de agosto de 1971, proveniente de uma família humilde e muito católica. Tomou contato com o esporte na escola, onde começou a jogar voleibol. Aos 12 anos, foi convidada para a seleção do estado do Rio Grande do Norte e, logo em seguida, partiu rumo a São Paulo, para um Campeonato Brasileiro. Foi convidada a se transferir para vários clubes, mas a família considerou que ainda era cedo para mudar de cidade. Um ano depois, foi convocada para a seleção brasileira, situação que a levou a se mudar para o Rio de Janeiro, onde passou a defender a equipe do Bradesco. Aos 19 anos, engravidou, casou e, o então técnico da seleção brasileira juvenil, José Roberto Guimarães, convidou-a a retornar aos treinos e à seleção, mas ela preferiu se recuperar. Jogou na Itália, mas logo retornou ao Brasil e competiu por Ribeirão Preto, sendo o destaque no campeonato de 1992, condição que a levou novamente à seleção brasileira adulta. Em 1993, o técnico Bernardinho convocou-a para a seleção e, então, tornou-se uma das principais atletas de sua geração. Nos Jogos Olímpicos de Atlanta, em 1996, começou como reserva e, depois do acidente com Hilma, que fraturou o pé na primeira partida daqueles jogos, ocupou a vaga de titular e colaborou para a conquista da primeira medalha olímpica do vôlei feminino. Em 1999, ganhou a medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos de Winnipeg. Nos Jogos de Sidney, em 2000, foi medalhista de bronze. Participou dos Jogos Olímpicos de Atenas, quando a seleção conquistou a 4ª colocação. Atuou, ainda, pelo Flamengo e pelo Rexona/Ades. Jogou, também, no vôlei de praia. Afastou-se das quadras e da praia, definitivamente, em 2010.

Representou o Brasil nos Jogos de:


1996 Atlanta Vôlei
2000 Sydney Vôlei
2004 Atenas Vôlei