Atletas Olímpicos Brasileiros

Foto de exibição
PAULÃO
Paulo André Jukoski da Silva nasceu em Gravataí (RS), em 24 de dezembro de 1963. Durante a infância, brincou de futebol, handebol e atletismo. Sua mãe era professora, portanto, sabia que não podia descuidar dos estudos, quando foi convidado pelo professor de Educação Física, a ir como único reserva do time titular a um campeonato. Com a lesão de um dos atletas, tornou-se titular. Essa foi sua estreia no voleibol, aos 15 anos, o que lhe rendeu um convite para jogar na Sogipa. Depois de um mês e meio de treino, o custo do transporte e da alimentação levou a mãe a pedir que ele parasse de treinar. Ao comunicar o fato ao técnico João Batista, este o acalmou dizendo que tudo seria resolvido e, ao final de cada treino, o técnico lhe dava uma nota de cinco cruzeiros, que pagava o cachorro-quente e a passagem de ida e volta. De lá, transferiu-se para o Grêmio Náutico União, depois para o Sul Brasileiro e, para o Chapecó, até ser convocado para a seleção brasileira pela primeira vez, em 1985. Foi medalhista de bronze nos Jogos Pan-Americanos de Indianápolis, em 1987. Foi aos Jogos Olímpicos de Seul, em 1988, quando a seleção ficou com a 4ª colocação. No ciclo olímpico seguinte, fez parte do time titular que foi aos Jogos Olímpicos de Barcelona e conquistou a primeira medalha de ouro. Participou do Mundial da Grécia, em 1994, e foi o capitão da equipe que competiu nos Jogos Olímpicos de Atlanta, em 1996. Atuou, ainda, pelas equipes: Banespa, Frangosul e Minas Tênis, encerrando sua carreira de atleta no Maringá, em 1999, devido a uma hérnia de disco na coluna cervical. No mesmo ano, assumiu o cargo de diretor de esporte de alto rendimento, no Ministério Extraordinário do Esporte, na gestão de Lars Grael. Tornou-se técnico de voleibol e, no presente, dirige a equipe de Apav/Canoas.

Representou o Brasil nos Jogos de:


1988 Seul Vôlei
1992 Barcelona Vôlei
1996 Atlanta Vôlei