Atletas Olímpicos Brasileiros

Foto de exibição
CARLÃO
Antonio Carlos Aguiar Gouveia nasceu em Rio Branco (AC), em 20 de abril de 1965. Era um garoto que sonhava viver pelo esporte e para o esporte. Começou jogando futebol na posição de goleiro. Aos 17 anos, mudou-se para Fortaleza para estudar e, lá, conheceu o voleibol. Jogava na escola, participava dos jogos estudantis e se encantou com a conquista da medalha de prata pela seleção brasileira nos Jogos Olímpicos de Los Angeles, em 1984. Passou a estudar e a jogar no Círculo Militar, mas era descoordenado, muito alto e magro, o que levou o técnico a dispensá-lo. Passou a treinar no clube vizinho, o Náutico Atlético Cearense, e chegou à seleção juvenil do Ceará. Na sua primeira convocação para a seleção brasileira, nomes foram trocados e outro jogador foi no seu lugar. Pouco depois, em 1985, foi convocado para a seleção adulta. Em 1987, foi aos Jogos Pan-Americanos de Indianápolis, conquistando a medalha de bronze. No ano seguinte, participou dos Jogos Olímpicos de Seul. Atuou pelas equipes Minas e Pirelli e jogou por cinco anos na Itália. Em 1991, participou da conquista da medalha de prata nos Jogos Pan-Americanos de Havana e, em 1992, foi o capitão da seleção campeã olímpica em Barcelona, título inédito para o esporte brasileiro. Em 1996, foi aos Jogos Olímpicos de Atlanta. Foi cinco vezes campeão brasileiro e, na final de 1994, quando atuava pelo Frangosul/ Ginástica, permaneceu em quadra, mesmo depois de ter o pé fraturado. Foi eleito o melhor jogador do Brasil; melhor jogador do campeonato italiano; e melhor jogador do mundo. Tentou o vôlei de praia, em dupla com Paulo Emílio, mas voltou às quadras, onde encerrou a carreira de atleta competindo pelo Cimed, de Santa Catarina, em 2003. Atua no projeto Embaixadores do Esporte, do Banco do Brasil. Em 2012, tornou-se comentarista do canal SporTV.

Representou o Brasil nos Jogos de:


1988 Seul Vôlei
1992 Barcelona Vôlei