Atletas Olímpicos Brasileiros

Foto de exibição
PATRÍCIA DIAS BEVILACQUA
Nasceu na cidade do Rio de Janeiro, em 24 de março de 1965. Antes de se dedicar ao judô, praticou ginástica artística, atletismo e saltos ornamentais. Iniciou no judô aos 19 anos. Cursava Educação Física na UERJ e o judô era uma das disciplinas obrigatórias. Estudou com o professor Jorge França, com quem começou a treinar e, depois, passou para o Clube Santa Luzia. Após dois anos, foi campeã brasileira. Conquistou a medalha de prata nos Jogos Pan-Americanos de Havana, em 1991 e, no ano seguinte, foi aos Jogos Olímpicos de Barcelona. Continuou a competir e a treinar, até que um problema político inviabilizou sua participação nos Jogos Olímpicos de Atlanta, em 1996, em um momento em que não havia ranqueamento ou seletiva para a competição. Morou em São Paulo, onde treinou no Pinheiros e no São Paulo. Depois da segunda gravidez, decidiu encerrar a carreira de atleta. Mãe de dois filhos, sendo um deles campeão brasileiro de judô, foi aprovada no concurso da Polícia Civil, apesar da resistência do filho. Posteriormente fez concurso para a Polícia Federal e foi morar em Rondonópolis (MT). Atualmente, vive em São Paulo, depois de conseguir sua transferência.

Representou o Brasil nos Jogos de:


1992 Barcelona Judô